06/09/2018

Diretoria da CAA/PR participa do painel sobre as Caixas de Assistência na I Conferência Nacional da Pessoa Idosa

Diretoria da CAA/PR participa do painel sobre as Caixas de Assistência na I Conferência Nacional da Pessoa Idosa

Coral da CAA e OAB Paraná abriu a programação da conferência

O presidente da Caixa de Assistência dos Advogados do Paraná, Artur Piancastelli, e a secretária-geral Márcia Helena Bader Maluf Heisler participaram na manhã desta terça-feira, 4 de setembro, do painel sobre “O papel das Caixas de Assistência dos Advogados” no segundo dia da I Conferência Nacional da Pessoa Idosa, na OAB Paraná. O evento contou ainda com a participação do presidente nacional da Coordenação Nacional das Caixas de Assistência dos Advogados (Concad), Ricardo Peres.

A abertura do evento, na noite de segunda-feira, contou com a apresentação do Coral da CAA e OAB Paraná. A música “Alguém cantando”, de Caetano Veloso, abriu o repertório preparado especialmente para o evento, seguida de “Aquarela do Brasil”, de Ary Barroso. O presidente da CAA/PR compôs a mesa solene de abertura ao lado do presidente da OAB Paraná, José Augusto Araújo de Noronha e do conselheiro federal, Cássio Telles, que representou o presidente do Conselho Federal da OAB, Claudio Lamachia e da presidente da Comissão dos Direitos dos Idosos da Seccional Rosangela Lucinda.

Durante a abertura do evento, Artur Piancastelli destacou a participação do Coral. “Gostaria de cumprimentar a todos, em especial o nosso Coral, que tem mudado a vida das pessoas. É um dos nossos maiores orgulhos. O Paraná trouxe seguramente mais eventos nacionais do que qualquer outra OAB do Brasil. Isso é sinal do prestígio da nossa diretoria, da nossa equipe”, disse o presidente da CAA-PR, Artur Piancastelli, lembrando que o projeto Coral foi estendido a Londrina também.

Painel

A secretária-geral da OAB Paraná, Marilena Winter, abriu o painel sobre as Caixas de Assistência onde destacou que a lógica jurídica de séculos atrás era voltada para apenas um sujeito de direitos. “Felizmente desde a metade do século passado tivemos uma virada copérnica no Direito e outros sujeitos passaram a ter espaço a partir de uma lógica igualitária: mulheres, crianças, pessoas com deficiência, idosos”, destacou. Em seguida, a presidente da Comissão dos Direitos da Pessoa Idosa da OAB Paraná, Rosângela Lucinda, saudou os presentes e agradeceu a todos os que contribuíram para a organização do congresso.

Ao apresentar o tema do painel, o presidente da Caixa de Assistência dos Advogados do Paraná (CAA/PR), Artur Piancastelli, lembrou que “nada adianta haver direitos bonitos no papel se a sociedade não os reconhece, respeita ou efetiva”. Piancastelli também aproveitou para agradecer a presença do presidente da Concad, Ricardo Peres.

Márcia Helena Bader Maluf Heisler, secretária-geral da CAA/PR, fez a primeira menção pública ao projeto “Da mecanografia à inclusão digital”, destacando o objetivo de promover a inclusão digital dos advogados idosos, sem nenhum preconceito. “A ideia é estabelecer uma ponte entre o jovem profissional, que domina as ferramentas digitais, e o idoso, que tem experiência e conhecimento a serem transmitidos. Assim todos podem partilhar desse admirável mundo novo”, ressaltou, apontando o dia 8 de outubro como data de um encontro em que o projeto se concretizará. “Não paramos de brincar porque envelhecemos; envelhecemos porque paramos de brincar”, disse ela, citando o romancista irlandês Bernard Shaw.

Peres, da Concad, chamou os presentes a refletir sobre o número de advogados que estão sem trabalho, ou sobrevivendo em atividades alheias à profissão, como motoristas de Uber, por exemplo. “Vocês não têm noção do número de advogados que têm solicitado cestas básicas nas Caixas de Assistência. Há pesquisas mostrando que os advogados estão três vezes mais propensos a cometer suicídio que profissionais de outras áreas. São também inúmeros os casos de depressão clínica. Não só os que enfrentam dificuldades financeiras ou familiares. Também os bem-sucedidos. As causas são as dificuldades de todo o tipo, inclusive com a mudança dos processos eletrônicos de um estado para outro”, pontuou.

Peres destacou que as Caixas de Assistência estão preparadas para ajudar a advocacia nesses momentos de dificuldade e voltou a 1935 para relembrar a origem desse braço social que integra o sistema OAB. “Ao ajudar um colega que vivia em condições miseráveis, os advogados paulistas criaram um ponto de assistência, em São Paulo, em 1936. Em 1942 é que veio o decreto presidencial criando as Caixas.

Pilares

Peres apresentou um a um os pilares das Caixas, como os descontos oferecidos via convênios e as farmácias. “Somente com isso, a anuidade já sai a custo zero para os advogados”, pontuou. Ele citou ainda os auxílios maternidade, funeral e cesta básica; as vacinações e planos de saúde a preços subsidiados. Mencionou também os programas esportivos que proporcionam ganhos à saúde e ainda o relacionamento entre os advogados. “Fazemos tudo para que a anuidade não seja uma despesa, mas um investimento. Entrem no site, conheçam a Caixa e seus muitos serviços”, convidou.

Piancastelli complementou a apresentação de Peres apresentando alguns números da CAA/PR, como as mais de 70 mil vacinas aplicadas ao longo desta gestão, a preço subsidiado. “Estimamos que 70% dos advogados não têm plano de saúde. Por isso, criamos agora o ´Agosto Saúde Total´, iniciativa por meio da qual mais de 4 mil consultas médicas e exames a preços subsidiados foram agendadas. A pedido dos presidentes e delegados prorrogamos para 14 de setembro o prazo para agendamento de consultas. Os atendimentos vão até 31 de outubro”, informou.

O presidente da CAA/PR falou ainda sobre os planos de saúde subsidiados, sobre o coral, as atividades esportivas os Centros de Inclusão Digital, que já respondem por mais de 1.600 atendimentos anuais. “Não são apenas os advogados jovens a utilizar esses espaços. Vemos também advogados que optam por trabalhar em home-office, indo aos Centros de Inclusão para situações pontuais. Parece ser uma tendência e temos a estrutura para isso”, completou.

Com informações da OAB Paraná

Outras fotos:


Newsletter

Cadastre-se para receber em seu email nossa newsletter.

Desenvolvido por ledz.com.br