21/07/2023

Mata Atlântica EcoFestival promete movimentar a região com atividades e experiências aos apaixonados pela vida outdoor

A Caixa de Assistência dos Advogados do Paraná (CAAPR) é uma das apoiadoras do Mata Atlântica EcoFestival 2023, o maior festival de esportes de Aventura, Cinema e Arte do sul do Brasil. O evento acontece de 3 a 12 de agosto em cidades da região do Bioma da Mata Atlântica no Paraná, incluindo Litoral, Serra do Mar, Grande Curitiba e também em São Luiz do Purunã, representante dos nossos Campos Gerais.

AVENTURA - Na programação, uma grande variedade de atividades esportivas para todos os níveis de dificuldade. Haverá as de alto rendimento, como o 4º Encontro Brasileiro de Kayak Extremo, 2º Encontro Paranaense de Hike and Fly Fly do Mata Atlântica EcoFestival e a Copa Curitiba de Remo Velocidade e Canoagem, e as recreativas, para todos os públicos, como Rapel em Pedreira, Escalada em Rocha, Trilhas em Montanhas, Caminhada, Escalaminhada e Yoga.

Durante um dos dias do festival, no domingo, dia 06, o público poderá desfrutar de mais de 21 trilhas num espaço no meio da Mata Atlântica, em Piraquara, no chamado Trail Day. Caminhadas, Corrida de Aventura para Crianças, Montain Board, Observação de Aves, Mountain Bike, Conscientização Ambiental e uma Clínica de Corrida de Trilha estão na programação, além de Pilates de Solo para iniciantes e atletas experientes e massagens terapêuticas.

CINEMA - Este ano o Mata Atlântica EcoFestival apresenta o seu II Festival de Cinema de Aventura, Vida ao Ar Livre e Natureza, com exibições gratuitas de filmes selecionados no mundo todo com esta temática. A grande novidade é que este ano o Mata Atlântica EcoFestival será anfitrião, o único na América Latina, do tour mundial do Vancouver International Mountain Film Festival (VIMFF). “Estamos democratizando o acesso do público a um cinema de extrema qualidade”, comemora Aristides Athayde, um dos idealizadores do EcoFestival.

ARTE - exposições e intervenções artísticas, música, fotografia, gastronomia, cerâmica, moda darão ainda mais cor ao festival. Na programação, um final de semana inteiro no Campo das Artes, em São Luiz do Purunã, distrito de Balsa Nova. Uma Feira de produtores regionais está na agenda, além de uma mostra itinerante do MAI (Museu de Arte Indígena), elaborada exclusivamente para o espaço no Purunã.

Além disso, o MAI irá receber, em sua sede, em Curitiba, o I Encontro de Fotografia do Mata Atlântica EcoFestival. Na noite de 10 de agosto, profissionais da fotografia irão presentear o público com histórias por trás de alguns dos seus melhores registros fotográficos. André Zielonka, Eduardo Fleck, Vilma Slomp e Zig Koch estão confirmados. 

NOVIDADE:

Neste ano será lançado o I Encontro de Empreendedorismo Outdoor do Mata Atlântica EcoFestival, que vai acontecer no dia 09, no Alta Reggia Plaza Hotel, em Curitiba. . Desafios, expectativas e perspectivas do setor para o mercado brasileiro serão discutidos num dia de encontros e network, que irá reunir instituições públicas e privadas, terceiro setor, microempreendedores, profissionais autônomos e prestadores de serviços voltados a uma enorme variedade de segmentos que atendem as demandas da vida ao ar livre, desde fabricação de equipamentos e vestuários, até turismo e consultorias personalizadas a atletas de alto rendimento.

Segundo Aristides, os gastos com atividades outdoor nos Estados Unidos giram em torno de US$ 887 bilhões ao ano, mais do que os brasileiros gastam com gasolina, diesel e fármacos juntos. “São 7,6 milhões de empregos gerados e uma arrecadação de 125 milhões em impostos”, pontua, completando: “O potencial do Brasil é imenso, mas é preciso que o setor se prepare e se organize com responsabilidade”.

AVENTURAS URBANAS:

O Mata Atlântica EcoFestival acredita no esporte como ferramenta de transformação social. A prática esportiva aumenta a autoestima e a autoconfiança, atua no desenvolvimento motor e cognitivo, melhora o sono, a qualidade de vida e ainda reduz os riscos de doenças físicas e psíquicas. Por isso, vai, pelo segundo ano consecutivo, está trabalhando para proporcionar a crianças que participam de projetos sociais, uma tarde de atividades esportivas não convencionais no Parque Olímpico do Cajuru.

A IDEIA:

O Mata Atlântica Ecofestival foi inspirado em eventos internacionais e busca estimular a valorização da natureza e das atividades nas áreas do Bioma Mata Atlântica. “Queremos impulsionar o turismo de aventura e as manifestações artísticas, além de conscientizar sobre o papel de cada indivíduo no processo de preservação ambiental, que é tão urgente e necessário”, ressalta Aristides.

Na primeira edição, no ano passado, cerca de 3 mil pessoas participaram de provas e eventos esportivos, artísticos e culturais. Além disso, mais de 600 mil pessoas foram alcançadas por meio de informações divulgadas em jornais impressos, portais, televisão, rádio e redes sociais. Neste ano, os números devem ser ainda maiores. O MAEF continua sendo um grande guarda-chuva de oportunidades e conta com o apoio e a parceria de mais de 20 empresas e instituições.

O EcoFestival é uma celebração única que une aventura, arte e conservação e um público aparentemente com interesses variados, mas que se preocupa com um tema em comum: manter a natureza de pé. Mata Atlântica EcoFestival. Muitas tribos, uma só língua!

SERVIÇO

Mata Atlântica EcoFestival

Data: 3 a 12 de agosto

Local: Litoral, Serra do Mar, Grande Curitiba e Campos Gerais

Site oficial: www.mataatlanticaecofestival.com.br

Instagram: @mataatlanticaecofestival

Newsletter

Cadastre-se para receber em seu email nossa newsletter.

Desenvolvido por ledz.com.br